O Champanhe

O Champanhe é muito mais do um vinho espumante. Ele tem que ser produzido na região de Champagne, no Nordeste de França. A bebida combina frescura, delicadeza e riqueza de sabores cujo segredo se encontra na sua localização, clima e solo.

Como se faz Champanhe

A maior parte do champanhe é vinho não apenas de uma mistura de três uvas diferentes (Chardonnay, Pinot Noir e Meunier), mas também uma mistura de vinhos de diferentes localidades e colheitas – os chamados ‘vins de réserve’ (vinhos de reserva) que podem representar mais de 50% da mistura final. Os vinhos de reserva são os vinhos retidos de colheitas de anos anteriores e provados regularmente para avaliar o seu desenvolvimento. Isto acontece para preservar os sabores ao longo do tempo do mesmo produtor.

As Castas de Champanhe

Pinot Noir: tem melhor desempenho em ambientes frescos, terreno calcário e predomina amplamente na Montanha de Reims e Côte des Bar. É o Pinot Noir que adiciona estrutura e corpo à mistura, produzindo vinhos com aromas de frutos vermelhos e muito caráter.

Pinot Menier: é mais robusto e menos propenso a danos do frio e geada porque desflora mais tarde. É particularmente bem adequado para os solos mais argilosos do Vallée de la Marne e irá tolerar a maioria das condições climáticas adversas. O Meunier adiciona arredondamento à mistura, produzindo vinhos flexíveis e frutados que tendem envelhecer mais rapidamente do que o Pinot Noir

Chardonnay: é o rei da Côte des Blancs, produzindo vinhos delicadamente perfumados com notas características de flores, cítricos e às vezes minerais. O Chardonnay é o companheiro de mistura ideal para vinhos que envelhecem.

Se um champanhe branco for feito exclusivamente de uvas brancas (Chardonnay), é rotulado como ‘Blanc de Blancs’. Se feito exclusivamente de uvas de pretas (Pinot Noir e / ou Meunier) é rotulado como ‘Blanc de Noirs’.


Degustação e apreciação

Diferencie o champanhe de outros vinhos espumantes. Verifique sempre o rótulo para se certificar de que seu champanhe é verdadeiro.

Mito: colocar uma colher ou garfo no topo da garrafa impede a saída de gás e bolhas do Champanhe? Não, é apenas um mito, pois não tem capacidade hermética. Deve ser usada uma rolha específica para impedir a saída de CO2.

  • Caviar: Blanc de Blancs
  • Marisco: Brut Nature
  • Entradas: Blanc de Blancs
  • Peixe: Brut
  • Salmão: Blanc des Blancs
  • Carnes Vermelhas: Brut
  • Carnes Brancas: Rosé
  • Queijo: Blanc de Noirs ou Brut
  • Sobremesa: Demi-Sec ou Rosé
  • Origem controlada, se é da região de Champagne
  • Marca
  • Dosagem (quantidade de açúcar)
    • Brut nature, no dosage or zero dosage:< 3g açúcar por litro
    • Extra Brut: < 6g açúcar por litro
    • Brut: < 12g açúcar por litro
    • Extra-Dry: entre 12 e 17g açúcar por litro
    • Sec: entre 17 e 32g açúcar por litro
    • Demi-sec: entre 32 e 50g açúcar por litro
    • Doux: > 50g açúcar por litro
  • Volume
  • Conteúdo Álcool
  • Nome do produtor, localidade e região
  • Registo:
    • RM: Récoltant Manipulant (Grower Producer)
    • NM: Négociant Manipulant (Merchant Producer)
    • CM: Coopérative de Manipulation (Cooperative Producer)
    • RC: Récoltant Coopérateur (Cooperative members selling under their own label)
    • ND: Négociant Distributeur (Merchant distributor)
    • MA: Marque d’Acheteur (Private label/ store brands)
  • Informação alergénicos
  • Consumo de álcool
  • Produto de França
  • Identificação do lote
  • Quarter 20 cl
  • Demie ou Pinte Half 37.5 cl
  • Medium ou Pinte 50 cl
  • Standard 75 cl
  • Magnum 1.5 litros (2 garrafas)
  • Jeroboam 3 litros (4 garrafas)
  • Rehoboam 4.5 litros (6 garrafas)
  • Mathusalem 6 litros (8 garrafas)
  • Salmanazar 9 litros (12 garrafas)
  • Balthazar 12 litros (16 garrafas)
  • Nabuchodonosor 15 litros (20 garrafas)
  • Salomon 18 litros (24 garrafas)
  • Souverain 26.25 litros (35 garrafas)
  • Primat 27 litros (36 garrafas)
  • Melchizedec ou Midas 30 litros (40 garrafas)

A entrada de oxigénio no interior da garrafa é um fator importante no envelhecimento do Champanhe. A rolha permite a entrada de pequenas quantidades de oxigénio na garrafa e a saída de pequenas quantidades de CO2, ou seja, a garrafa não é totalmente hermética.

No entanto, como o tamanho do pescoço é o mesmo para uma garrafa padrão magnum ou standard, a proporção do ar para o vinho será menor numa magnum e maior numa standard, isto é, o Champanhe irá envelhecer mais lentamente numa magnum e mais rapidamente numa standard.

Em anos verdadeiramente excecionais e dignos de comemoração, o enólogo pode decidir lançar um champanhe vintage – um vinho feito exclusivamente a partir de uvas cultivadas naquele ano.